­­Horas em Durban

­­Dezembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

­­Etiquetas

­­ todas as tags

Conferência de Cancun - 2010
Conferência de Copenhaga - 2009
Conferência de Poznan - 2008
Conferência de Bali - 2007
Conferência de Nairobi - 2006
logo da Quercus
Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011

Cabo Verde – O discurso mais emocional no “INDABA” de ontem

 

Como já aqui se disse no post de ontem, o “Indaba” é uma discussão aberta onde pouco ou nada se avançou. Talvez por isso mesmo vale a pena

olhar para um dos discursos mais emocionados, vindo de um país de expressão portuguesa, Cabo Verde. Na cultura Zulu, “Indaba” é um local para contar histórias. O delegado explicou assim a “verdadeira” história do Titanic. Antes de encontrar o iceberg, o Titanic encontrou um pequeno barco chamado “Esperança” que se estava a tentar desviar do grande navio. As pessoas gritaram e acenaram ao Titanic e foram descobertos mas não puderam ser salvos porque o capitão do navio desse que não era possível parar porque as máquinas estavam a funcionar ao máximo – e assim o pequeno barco “desapareceu na noite”.  Mas também sabemos que o Titanic não percorreu muito mais caminho e não chegou ao seu destino. Assim, países como Cabo Verde, desaparecerão primeiro porque são pequenos, pobres e precisam de ajuda, mas os maiores também não irão muito mais longe. Se não fizermos nada desde já para salvar as ilhas Africanas, Cabo Verde terá o mesmo destino de Kiribati e Tuvalu. Não podemos viver uns sem os outros; é necessária solidariedade, especialmente aqui no país de Mandela.

Etiquetas: ,
por Quercus às 10:11
link do post | comentar | favorito
| | partilhar

­­Subscrever

[conta Twitter reutilizada para as COP seguintes]
COP17

­­Links

­­Pesquisar

 

­­Arquivos

­­ Dezembro 2011

­­ Novembro 2011

­­ Outubro 2011

­­ Setembro 2011

blogs SAPO